1

Qual a relação do homem com a cirurgia plástica?

É verdade que as mulheres ainda fazem mais cirurgia que os homens?

Sim. Mas é correto afirmar também, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), que o número de homens que se submeteram a cirurgias nos últimos anos quadruplicou no Brasil.

Veja alguns 2 mitos e 2 verdades sobre cirurgias plásticas entres homens:

MITO: Homens não fazem lipoaspiração. Quer saber por que é um mito? Levantamento da SBCP aponta que, entre 30 e 40 anos, os homens se interessam mais pela lipoaspiração, lipoescultura e implantes capilares – este último também entra na faixa de 40 a 50 anos.

VERDADE: É fato que os procedimentos estéticos mais procurados entre os homens variam de acordo com a idade. Por exemplo, da infância à juventude, a correção das orelhas de abano (otoplastia) lidera entre as mais comuns.

MITO: Os homens não se importam em cultivar a autoestima. É mentira. O aumento da confiança após uma cirurgia no nariz ou nas pálpebras, por exemplo, é visível, impactando positivamente a qualidade de vida.

VERDADE: As gerações mais jovens têm se preocupado cada vez mais, abolindo tabus sobre a vaidade masculina. O aumento na expectativa de vida e a maior oferta de cuidados masculinos têm incentivado esse interesse dos jovens adultos em cuidar da saúde e da estética.

A popularização da estética acabou mudando o hábito masculino. Muitos deixaram o preconceito de lado e diminuíram a resistência, passando a cuidar mais da própria aparência para elevar a autoestima. Mesmo assim, ainda há muito que avançar.

O público masculino tem se mostrado cada vez mais empenhado em melhorar a estética.

Comments are closed.